sábado, 18 de fevereiro de 2012

Culminara seu Amor...

Nas areias da Ilha, ele já partira
Vejo-o bem lá, a remar sem acenos
Sua imagem levita em mim, mas não pousa
Sentinela aberta que o fôlego consumira
Lancei nos versos,
Nas dunas a sua continuidade
Foi-se como faísca; breve nota, mas sustenida
Vi seu desporto, sua travessia
Minh´alma descuidosa, desarmara
Própria dele, deixou-a partida
Própria dela, sedenta
Pela água que não alcança e não consome.
Própria dele, com Clara.
Própria dela, sem o lume.
Próprio dele, com as pétalas.
Própria dela, sem a Flor.
Algum artefato que mobilize
Suas inspirações em texto-vida
Seus oásis desfigurados
Sequidões, agora em Poesia.
Um olhar na fissura lhe atenta
Para conjugar em corpo
Remodelar a Palavra
O colo, cujo verbo invariável
Culminara seu Amor.

(Fernanda Fraga)

Imagens: Google sem site específico.


8 comentários:

Luana Barcelos Dantas disse...

Magnífico!Bjos
Luana Barcelos Dantas

Alê disse...

Fer,


Intenso!

Celle Melo disse...

Maravilhoso!!!!!!!!!!!! *--*

Samara Bassi disse...

uma pintura
tal ternura se tornou
e mesmo que não se retornam águas passadas,
há de se atravessar a ilha sem naufragar no vazio dito, tão bendito, tão maldito de consolar saudades que os olhos não avistam mais, nessas terras distantes e guardadas nas manhãs, qualquer síntese de amor.

Meu carinho,
Sam

Cicero Edinaldo disse...

nossa que bonito! adoro poesia. Poucas pessoas conseguem espalhar os sentimentos de forma coerente e sistematizada nas poesias. vc consegui. parabéns! não vou resistir e vou seguir seu blog! abraços.
---
te convido a mergulhar no meu infinito particular
blogestarcomvoce.blogspot.com

Gislãne Gonçalves disse...

Oi,
Criei uma página de fã no facebook para todos aqueles que curtem o blog “Vê se ri um pouco”. Para seguir bastar clicar no link “Curtir” no gadget da página de fã que está lá no blog, o gadget intitula-se “Face”.

Beijos
Espero que goste :)

Fernanda Fraga disse...

Cicero Edinaldo,
Obrigada pela visita por aqui...
Às vezes tento espalhar meus sentimentos por aí, na poesia. Que bom que gostou.
Seja bem-vindo e volte mais vezes. Abraço

Marcele, que maravilha ter você por aqui, doçura.
Um beijo.

Alê,
Bom vê-la por aqui. Bjos

Denise Portes disse...

E assim é feito o coração do poeta, cheio de amor.Lindo poema.
Um beijo
Denise