quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Entregues...


Não sei. Mas as esperas em nossas vidas vem se tornando cada vez mais exaustivas. O agora, em seu tempo, se tornou obra-prima inatingível. Porque eu quero a sua realidade pintada com as cores dos nossos segundos. Não queria que o cansaço viesse tomar conta de mim, o ar está ficando pouco. Afetivamente ando em pausas, não gosto desses desajustes, e não pretendo entregar os pontos como das últimas vezes. Pois outrora havia fechado as cortinas do tempo e me escondi.
Por isso meu calendário vez em quando parece findar em seus dias mais leves. Ele quer assim, untar as horas; nos seus minutos. E desde que o conheci renasce em mim girassóis, mas aquieta ainda as dúvidas, aqueles nuances nebulosos de ficar e fugir. Se és meu girassol, anseio florescer todos os dias em seu jardim.
Gosto desse compasso, dessa dança, do movimento da vida, desse palco que você me reina, que você me beija, que você me pega e abraça. Que você me poetiza, que você me tem tão sua, como nunca alguém me teve antes. Dessa leveza que você me traz. Dessas rimas tão bem encontradas. É tão bonito, me traz um ar tão puro. Uma brisa suave arrepiando minha pele todas às vezes que você chega, e descongestiona o ar.
Quero viver desses sorrisos que você me abre, me escancarar daqui, mesmo estando daí. E deslizar nossos pés nesses solos sagrados que unem chegadas. Moldar as minhas, com as suas mãos impreguinadas de nossas digitais. Enlaçando minhas pernas em seu colo assim: Corpo-a-corpo, totalmentes en-tre-gues. Amor, você quer vir junto?

(Fernanda Fraga)

PS.: Estou de volta, resolvido o problema no meu blog, fiquei sem conseguir postar. E de quebra, sou fã desses jovens aí do vídeos eles participaram das olímpiadas de Vancouver em 2010 e eu amo patinação artistíca no gelo, é uma poesia corporal inacreditavel.


6 comentários:

Luana Barcelos Dantas disse...

Fernanda,
Esplêndido, emocionante...completo com o áudio..
Certamente, seu amado vai querer juntar as digitais, e , talvez, vocês formem uma só identidade;juntos dancem a música da vida;encontrando, sempre,o lugar de onde nasce o sol...

Beijos,

Luana Barcelos.

Nanda disse...

Pelas que você chega e descongestiona o ar...
QUE COISA LINDA!!!

Lu disse...

Obrigada, Fernanda, também não conhecia o seu. Adorei... Vc é canceriana também? rsrs Encontrei um jeito bem meu por aqui. Beijo :)

Lonne disse...

"Que você me poetiza, que você me tem tão sua, como nunca alguém me teve antes." (Fernanda Fraga)

Nossa!!! É muita inspiração pra uma só pessoa *-----* Twittei suas frases, dandolhe os créditos claro \õ/ bjs!!! ;)

Alê disse...

Dessas faltas eternas!

Luana Barcelos Dantas disse...

Fernanda,senti falta da dança... li e reli um monte de vezes...
Se eu tivesse a lido 2 minutos antes, teria evitado uma atitude minha.O ser humano é engraçado, fica anos para conseguir collher o fruto e , por um ato impensado, coloca fogo na plantação.
Só contando com Deus mesmo para ajudar a recuperar o que foi perdido.


Beijos,

Luana Barcelos