quinta-feira, 1 de setembro de 2011

(...) Das demoras...


E se ele demora?
Oooh... se ele demora!
Eu bordo a lua cheia.
E faço dela sua claridade, para ser silhueta minha.
(Fernanda Fraga)




8 comentários:

Camila Lourenço disse...

E nessa eu já bordei umas 198321686134630354 de luas cheias...

#tenso.

Gislãne Gonçalves disse...

Se ele demora,
Como um criança
Ela esperneia e chora.

:)


Beijos

Ju Fuzetto disse...

ôoo Fê que doçura!!


Você borda poesia no peito da gente.


Eu estava com saudades daqui.

Um beijo

ϟ Cynthia Brito disse...

Fernanda!

Bordando sempre coisas belas...

Vanessa L. disse...

Muito certa, bordar e iluminar ao mesmo tempo...
Adorei aqui flor...
Seguindo.
Retribui?

http://somdospassos.blogspot.com/

Bei-jos

Felicidade Clandestina disse...

Fernanda,
obrigada pela visita :)


um beijo grande.

Daý disse...

Eu bordo a lua, eu pinto céu e dou nome a cada estrelinha...

Amei conhecer teu blog. Lindo!
Beijos

Felicidade Clandestina disse...

a claridade do amor :)