sábado, 12 de fevereiro de 2011

Porque és tu, o meu Romeu.



Metade Silenciosa da Tua Face


Ó meu amor...
Ó acalento constante
Acalma-me do medo
E beija o meu semblante


Renuncio-te em segredo
E nos sonhos és a lente
Que ofusca seu próprio brilho
Que no cantar está em minha mente


Mas tu és...
O Romeu que eu nunca beijei
Além... e tão real... e tão leve...
Fragrância de amar.


E que na beleza clara de um anjo
Une-nos sem medo.
Num beijo sem pecado e perdoado
Porque és tu o meu amado.


Na minha alma suplicante
Em que tua fúria foi me renegar
E no vento que baila se beijando
E que oscila dos olhos chorando.


Ó amor, por que és tu
Quem me renegas
Se és a metade silenciosa da minha face.


Ó alma turbulenta ...
Carrega-me o coração que és teu
Nos meus lábios que esperas do delicado beijo
Porque és tu, o meu Romeu.


(Por Fernanda F. Fraga)


(Do livro de Poesias “Os Olhos do Coração”, Fernanda F. Fraga, editora Unimontes, Montes Claros - MG, ano 2003, pág. 86-87).


__________________________________________________________________________

9 comentários:

Raquel Amarante disse...

Faço questão de conhecer este seu livro.

Alexandre Fernandes disse...

Que poema lindo. Transpira o amor na sua forma mais bonita, mais enlevada. É o amor repousado em palavras de profundo querer. É uma melodia entoada no âmago dos corações. Julieta e o seu Romeu, metades que unidas, se complementam.


Lindíssimo!!!

ps: tu tem um livro??? Uau! Como faço para adquirir?

Priscila Rôde disse...

Difícil tecer um comentário tão belo quanto...

"Ó amor, por que és tu
Quem me renegas
Se és a metade silenciosa da minha face."

Eu sou muito sua fã, sabia? Muito!


Um beijo, Poetisa!

Antonio José Rodrigues disse...

Não sei, Fernanda, mas um Romeu contemporâneo anda meio escasso. Será que existe? O Romeu, acredito, é apenas um homem ideal que povoa o imaginário feminino, mas que não existe. O Romeu hodierno é aquele homem que tem 50,1 por cento de qualidades e o restante pode ser considerado defeitos. Beijos

Daline disse...

Adorei o Post, Lindo seu blog.

http://daline-quesejaleve.blogspot.com/

Ludimilly Chaves disse...

Lindo mesmo!
e tô seguindo =]
passa no meu e gostando segue tbm/
Beijos =*

Parabéns ^^

Guilherme disse...

Quando crescer, quero saber decorar as palavras com a cor do coração; assim, do jeitinho mesmo que colores versos de Amor contado. :)

Belo..

VELOSO disse...

Estou colhendo um pouco de poesia por aqui numa dessas madrugadas caladas...
PARABENS SEMPRE MENINA!

Colecionadora de Silêncios disse...

Oi, Fernanda.

Menina, que poema magnífico!!! Simplesmente fiquei encantada por seus versos. É de uma melodia tão linda e de um sentimento tão puro que fiquei no céu... flutuando, enquanto meus olhos se alimentavam de suas palavras... amei!

Beijinho e ótima semana pra vc! :)