quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Sobre o Amor...


Mas o Amor sendo pois completude
te escorreria nos poros, e resplandeceria-te também errante?
Por sob teus tantos medos;
Ou te beberia deles em todos os teus nomes?
E te entregaria à pungente dilatação
Em indagar-se em sê-lo no outro (Amar)ante?!
(Fernanda Fraga)

Imagens: Weheartit 


6 comentários:

Angélica Lins ツ disse...

Aplausos Fernanda!

"Para o Romantismo, a "vida é alguma coisa composta de síntese, tese e antítese, e, ainda assim, de nenhuma das três".

Saudades de vir aqui...
Beijo enorme pra ti.

Raquel Amarante disse...

Você é uma poetisa completa Nanda... :)))))))

Mony Gabriely disse...

Belo poema. Gostei muito.

http://percepcaooculta.blogspot.com.br/

Aline Teles disse...

Belíssima dedicação. Tu és uma poetisa de primeira. Quero desejar um feliz ano novo para você e sua família. Que seja um ano de realizações e muita felicidades. Que tu tenhas muitos e muitos motivos para sorrir e festejar. Beijinhos.

Aline Teles disse...

Errata: muitas felicidades.

Anônimo disse...

Queria ter escrito isso.. !
Belo como vc.