quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Dobradura de tua voz e dos olhos...

Teus olhos se esbarram repetidas vezes a essa cor de outono amendoados, quando te sinto e ouço decorar-me todas essas melodias a emitir em tua boca. Despi nos teus contornos, raízes de um poema exposto, que me florescem, carregam meus descansos nas folhagens do chão. E quando pela tua Alma desejosa esculpe certos silêncios, tinge nas íris dos meus, clareados. E estreitas as desoras de mim. Suspensa quase evaporo, semi-solta àquela frase a deslizar na dobradura dos teus olhos, e na fina esperança que antecedes tu ao Mar. Sabendo eu que qualquer gesto abriga-me rente a ti, distende tantos vazios, amansa sentidos outros. Despertais assim dimensões ternas, acolho-me ante essa tua pausa espremida, a esmaecer as querências que carrego abafadas: e me revira, gira, voa todo meu ser.
Um caminho desancorado que desnuda - me suplanta. Como se tudo suavizasse resoluto esse encantamento. Brinda-me sem saberes do teu tom, povoa-me dos teus amanhãs, palco onde repouso da aridez do vento. E exponho-me versar toda cor que revela poesia apoiada em tua voz.  Que devoras e devolve-me o esmero sossego, que também rasura a rima.
Quero a versão contrária e durável dessas distâncias, e desprender-me para que seja o esteio para tuas presenças. Assim, movida por uma ternura tão habitada, tudo finda, desabrocha as linhas para fazer-te de jeito sublime disposto a esse propósito - se atentar a mim. Cultivo esse orvalho, na tua voz que se confessa a mim dos teus sagrados, que me abrigam, avivam-me no teu uni(verso). E que aos poucos pousa e voa e fica com aquela paz bonita, a desafogar; para te habitar e te caber todo.
(Fernanda Fraga, 7 de Dezembro de 2013)


"Te ver era como despir uma poesia. E se vestir da cor dos seus olhos." (Bárbara Carvalho)


*Imagem do Google site específico não encontrado.

8 comentários:

Patrícia Vicensotti disse...

Vou lendo e tudo vai se desenhando...(Seus escritos me emocionam,Fer!)

Rosinha disse...

lINDOOOOOOO.

Milene Cristina disse...

Há em tuas palavras paisagens , e dentro dessas paisagens outras tantas , e lindas. Todas com vista para o coração .
Saudades muitas de passe(ar) por aqui
um beijo Fernanda

Mikaele Tavares disse...

Muito lindo. Emocionante. De verdade.

Luana Barcelos Dantas disse...

Fernanda, sempre perfilando sentimentos amorosos, ternos, de paixões singulares...beijos

Bárbara disse...

Coisa mais linda <3

Aline Teles disse...

Fê, passando para desejar um lindo 2014 para você. Que ele venha bordado de muita saúde, paz e amor para você e sua família. Beijinhos.

Joaquim do Carmo (Quicas) disse...

Feliz Ano Novo, amiga! Abraço